Páginas

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Receita Urbana - Academia na rua

Manual de Montagem
1-Bicicletas ergométricas

Para transformar uma bicicleta comum em uma bicicleta ergométrica é preciso construir um suporte que faça com que a roda traseira fique suspensa. Foram testados dois tipos de suporte:

1.1 Usando-se canos para suporte de antenas de televisão


Usando 2 tubos, cortar nas medidas indicadas na figura: base quadrada com 0,40x0,40m e as astes que serão presas a bicicletas com 0,45m cada. Soldar as peças conforme fotografia, adaptando-se a inclinação da astes de acordo com a bicicleta que será usada. Furar o suporte aproveitando-se dos furos próprios para a colocaçao de bagageiro na bicicleta. Usar de parafusos com respectivas porcas para fixar o suporte na bicicleta.




1.2 - Usando- se metalon







A base é feita por pedaços de metalon de 51,5 cm de comprimento e dois pedaços de 40,5cm de comprimento. Forma-se um retangulo fazendo a união das partes menores por dentro das maiores com solda.

Para fazer a suspenção do apoio da roda da bicicleta fazemos um triângulo equilatero com base igual ao lado maior do retângulo(51,5cm) e lados com 33cm de comprimento. O que deverá ser repetido para o lado oposto a este no retângulo.

Já o apoio interno é feito com um pedaço de metalon de 25cm no formato de canaleta, e outro pedaço deste mesmo material com 12cm. O pedaço maior é ligado por solda ao ponto médio do lado maior da base e apoia o pedaço menor que é soldado ao vértice superior do triângulo equilátero.

Obs: neste suporte a bicicleta foi apenas colocada sobre ele, sem nenhuma fixação existente entre este e a bicicleta, o que provocou um risco de tombamento quando a criança ia descer da bicicleta. Portanto, é melhor construir um suporte que seja fixado à bicicleta, como foi feito para o suporte de canos, para não correr este risco.



2. Dínamo

2.1- Materiais

-motor de passo de impressora(consegue-se em lojas especializadas ou lugares que reformam impressoras)
-roda de skate velha, sem rolamentos
-bico de torneira velho de metal
-cola de secagem rápida(superbonder)


2.2- Montagem

Usando uma broca de tamanho de acordo com o tamanho da engrenagem exterior do motor de passo, ajuste a largura da parte de dentro do bico de torneira na extremidade mais fina do bico.

Encaixar o bico ajustado na engrenagem externa do motor. Colar a roda de skate na extremidade mais larga da torneira.

3. Letreiro de leds



3.1-Materiais
-Foram usados 102 leds, mas não foram acesos todos. O ideal são 21 leds de 1v cada.
-solda
-fios bem finos
-papel paraná ou uma superfície mais resistente para montar os leds
-regulador de voltagem - LM319T

3.2- Montagem


Faz-se o contorno das letras sobre a superfície da placa utilizada, fura-se o contorno das letras para que se possa encaixar os leds, o que pode ser feito com uma agulha ou objeto perfuro- cortante, respeitando o limite de abertura da astes dos leds e o espaço entre um e outro.
Uma dica importante é testar todos os leds antes de encaixá-los na placa, tomando cuidado para nao encostar um polo de um led com outro de mesma carga de outro led (+/-). Depois de colocados na placa, dividir o número de leds em dois grupos, cada grupo terá seus leds ligados em série, e os dois grupos serão ligados em paralelo, as "pernas" dos leds são unidas por meio de solda.

Depois de pronta a placa, a idéia é acoplá-la a bicicleta e ligá-la ao dínamo. Mas antes deve-se conectar por meio de um circuito simples, em que o fio que sair da placa conecta-se com o que sai do dínamo passando pelo regulador de voltagem, para nao queimar os leds. Assim, com a energia gerada pelas pedaladas da bicicleta é possível acender as letras da palavra escrita na placa.

Depois de montar todo o circuito e o suporte na bicicleta, só falta o suporte para acoplar o dínamo na bicicleta que varia de modelo. No suporte do dínamo a roda de skate deve entrar em contato com o pneu traseiro da bicicleta para fazer o motor funcionar e gerar eletricidade.
Agora é só pedalar para ver os leds acesos e se exitar!

Esse foi um trabalho de ocupaçao de uma vaga de carro, sem usar de um carro. A idéia foi fazer uma "ciclovia" na vaga.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Disse que me disse - Engenharia Arquitetônica

Quem foi que disse que sempre há conflitos entre arquitetos e engenheiros?
Que mentira! às vezes eles se entendem...

E transformam uma simples usina eólica em um grande monumento da Engenharia Arquitetônica
Esse grande e magnífico monumento fica na Noruega, onde o clima favorece a utilização de energia eólica. Tanto na terra quanto no mar, o vento sopra a favor daqueles que mergulham no mundo da beleza útil. Estas turbinas estão em pleno mar e entre elas foram colocadas passarelas para que pessoas possam passear em meio a usina, favorecendo tanto a produção de energia quanto o turismo. Afinal de contas quem não gostaria de ir vizitar uma produção dessa na terra do sol da meia noite.


Trabalho de Sketch up

Filme da Casa Modelada
video